14/12/2008

Talvez seja saudade. ( necessidade ?.?) 

A gente vai se esquivando e se enganando. E pra quê? (...) Sabe que me deu uma vontade, esses dias, de apenas te ver? Sei lá! Te ver! Nada mais. Estranho não é? (risos) Sabe... Sentar num lugar qualquer e ficar te olhando. Teu rosto. Teu sorriso. Olhos. Lábios. Cara a cara, saca? Mas eu sei que você vai ficar sem graça. É fato! (risos) Enfim... Mas a gente vai se esquivando e se enganando. Aos poucos se esvaecendo. E pra quê? Me diga! Não sei também. (...) Talvez pra quando chegar à noite, a gente abafar nossas lágrimas no travesseiro empoeirado de melancolia atravessada no tempo.


By texto  : Victor Canti..

Nenhum comentário: