20/02/2009

Por enquanto me basta..

' Desculpe-me se não tive coragem de abraçar-te. Por alguns segundos eu tive medo que você rejeitasse meu abrigo e fosse caminhar, sozinho, lá fora, na escuridão dos dias ruins.
Naquela noite eu fui dormir pensando em como era bom ter você ao meu lado, pra sonhar e realizar sonhos meus, sonhos nossos. Sua mão na minha, sua pele na minha, meu sorriso inteiro para você.
Beijo sua pele, afim de beijar sua boca, desenhar seus lábios com a minha língua e sentir o gosto teu em mim. Fazer-me sua.
Estarei aqui, neste jardim, esperando você voltar para mim. Estarei com os braços abertos, com o coração machucado de saudade. Cantarei para você as canções que você pediu que eu cantasse, mas que não cantei por uma vergonha boba.
Só peço que não demore, meu bem. Acho que só vou conseguir te esperar enquanto eu ainda puder sentir teu perfume. Depois disso, não terei mais nada que me faça sentir a sua presença. Por enquanto o sonho me basta.. ' 

By Texto: Josi Keller

Nenhum comentário: