22/05/2009

Doí demais, esse sentimento é uma droga .

E estava de volta .. a culpa ?
Eu pensava que fosse saudade .. mais no fim, só existe eu .
A casa silenciosa, um silencio pertubador nesse momento.
Ela levanta como em camera lenta, apaga as luzes e a verdade cai sobre seus ombros . Aquele sentimento, aquela sensação .
Pensar que tudo é falso, que tudo tem suas segundas intençoes, que para toda atitude bondosa, carinhosa tem uma finalidade interesseira, que os sentimentos dos outros são meras mentiras e ilusões e no fim voçê sempre acaba sozinha .
Esse sentimento de não ser boa o suficiente, de ser apenas tolerada . A dor, o vazio, a angustia, no verdadeiro sentido da palavra, estava de volta .
Ela ainda agarrada ao seu cobertor encosta na parede e escorrega até cair no chão .
Nesse momento ela não mais segurava as lagrimas. Ela queria que aquilo saisse dela .
Não saia .. Ela revivia tudo aquilo em pensamento . As injustiças, os gritos, as atitudes erradas .
Doia, doia demais . A cabeça latejava .
Sozinha, apenas com pena de si mesma, ela chorava .
Doia pensar, Doia lembrar, mais doia mais sentir .

By Texto: Josi Keller

9 comentários:

Igor Monteiro. disse...

Poxa, gostei do escrito,
belas palavras e a ideia é boa,
volto logo, rsrs.
Aguardo visitas.
Fui...

Priiscyla disse...

lindas palavras...

PS: Tem SELINHO pra ti lá no meu blog !

Atreyu disse...

[massa]
Eu gosto do silêncio, mas não da indiferença

LP disse...

Como foi escrito acima, tb gosto do silêncio às vezes... mas jamais da indiferença.
E acrescento... se aquilo que é amor passa a causar alguma dor, então não é mais amor...

Chica disse...

liNDO TEU TEXTO SENTINDO ESA FALTA ENORME...BEIJOS,CHICA

Juliano disse...

Muito bonita a autenticidade do seu texto..

Existem muitos amores que são transformados em dor, o meu foi um, eu perdi a pessoa que eu julgava ser a mais importante no mundo pra mim, mas no fim o tempo passou e eu aos poucos me recuperei dessa dor terrivel..!

bjoooos josi !

Fernanda disse...

Bem autentico seu texto...

Perder alguém que se ama é uma dor horrivel... a saudade parece massacrar o nosso coração! tem dias que dah vontade de gritar pra ver se aquele sentimento de dor sai junto com o grito!

sei como é isso... e sei que não é facil superar!
um beijo grande!

Pâm disse...

Acho que eu me encaixo perfeitamente nisso. Dói sentir um rasgão no peito, se abrindo cada vez mais e mais, vindo junto com momentos, lembranças e vozes. O rasgão vai se tornando profundo, e mais doloroso possivel.
:/

Adorei o texto (:

Beijos

Angélica Lins disse...

Penso que o sentir dói tanto, porque não nos foi ensinado desprender-se.

Gostei do que li.

Estive aqui.

:)