18/09/2010

Intensidade

Os pelos descobertos se arrepiavam, nunca sentira com tanta intensidade o vento como agora; as folhas estavam mais verdes, era como esperança, e as que jaziam mortas, tinham um ar independente que sobreviveriam; as músicas antes melancólicas, agora pareciam carregadas de sentimento, tanto que era como se pudesse toca-lo com as mãos; os sabores estavam mais aguçados; as pessoas pareciam fácil de decifrar demais, era notável um sorriso forçado, uma angustia ou ate mesmo a felicidade em um rosto sereno; o canto dos pássaros parecia musica a se ouvir até a eternidade. Era como se tudo estivesse acontecendo pela primeira vez.
Um encanto, o sentimentalismo, a compaixão, as coisas simples da vida, tudo tão simples, tão perfeito, parecia ser o certo.
A musica acaba, ela abre os olhos, porem não antes de uma lágrima deslizar pelo seu rosto.
O que desejava com mais intensidade ainda, era que essa fosse a ultima vez!
Dormir em sono profundo parecia maravilhoso nesse momento.

Nenhum comentário: