23/10/2010

Frio


25.out.2010; 6:05am: Amanhecia. O sol estava escondido, o dia apagado. Eu acordava enquanto a maioria cidade da ainda sonhava, ressoava, dormia. O silêncio era meu único amigo, visto que a lua já se escondia. 7:05am: Começava. Perambulei pela casa, cerâmica fria, destranquei a porta e saí nas ruas. 7:55am: Rotina. Sorriso no rosto. Mentiras. 18:30pm: Fingimento. Mais sorrisos, olhares distantes, perda de foco. 23:35pm: Silêncio. Lua Cheia, me fazia companhia. As luzes da cidade iam se apagando. 00:00am: Insônia. Olhava o teto. Silêncio.
(..)


Era frio. Não sei dizer se fazia mais frio do lado de fora da minha blusa ou dentro do meu coração. Provavelmente competiam. [Caio F.]

3 comentários:

''Tay' disse...

UOL, muito legal o texto.
Acho que pra mim insônia é uma coisa normal. Talvez sorrisos fingidos sejam melhores do que magoar as pessoas ao nosso redor.

bjus =*

Krol rehbein disse...

uau, foi a palavra que eu disse quando terminei de ler.
Muito bom.


bjo

Lu disse...

Oii
Nossa eu amei o seu texto, toda a descrição, a observação.
A foto ficou muito legal, adorei e combinou.
Parabéns.