24/11/2010

Frágil

Você tem tanta vontade de chorar, tanta vontade de ir embora. Para que a protejam, para que sintam falta. Tanta vontade de viajar para bem longe, romper todos os laços, sem deixar endereço. Um dia mandará um cartão-postal de algum lugar improvável. Bali, Madagascar, Sumatra. Escreverá: penso em você. Deve ser bonito, mesmo melancólico, alguém que se foi pensar em você num lugar improvável como esse. Você se comove com o que não acontece, você sente frio e medo. Parado atrás da vidraça, olhando a chuva que, aos poucos começa a passar.
[Caio F.]

3 comentários:

Luana Santana disse...

Muito lindo.
Me indentifiquei.

Beijos

Chica disse...

Lindíssimo e cheio de sentimentos...beijos,chica

Carol rehbein disse...

Sei como é...
a vontade de fugir é grande, tanto quanto o medo de ninguém notar.

bjo