30/04/2011

Home

Queria me sentir em casa.
Queria não me controlar tanto, não precisar pensar tanto no que pensam ou no que dizem de minhas atitudes. Queria me mostrar intensa como acho que sou. Em emoções, sentimentos, reações e ações.
Aqui dentro de mim, existe essa necessidade gritante, de mostrar um pouco mais de mim, ao invés de me esconder tanto.
As vezes desejo que eles não se importem comigo. Já aprendi a ser só, não me permitir a ter muitas emoções e a lutar pelo meu futuro. Eu aprendi desapego, sofrer calada. E se chorar, escondido. Nada disso se volta atrás, não há volta. Então, não demonstre que se importa, pois aprendi a ser forte, aprendi a não demonstrar fraqueza.
Desejava eu as vezes, ser livre, me sentir em paz, e sem amarras. Peço a vida, coisas simples, mas acima de tudo, imploro.. que eu não precise ser forte a todo momento!

"Dizem que a vida sem pensar não vale a pena ser vivida..
mas e se sua vida for só pensar? Isso é viver ou protelar a vida?"
Carrie Bradshaw

4 comentários:

Cassia disse...

Ah eu também tento não demonstrar e passo a impressão dessa garota forte, mas quem lê o que eu escrevo acaba vendo o ser Humanos frágil que sou

Tay disse...

Me identifiquei muito com esse texto, principalmente essa parte "Eu aprendi desapego, sofrer calada. E se chorar, escondido." nesses ultimos anos foi o que eu mais fiz rsrs

bjus =*

Thalita Andrade disse...

que blog lindo, amei os pensamentos que encontrei aqui, encontrei alguns que são meus rs, por acaso anda lendo meus pensamentos? rsrsrsrs

te convido a visitar o meu :]
beijinhos, http://vivemospelafe.blogspot.com/

Thalita Andrade disse...

Não linda rs, quis dizer que certas coisas que você escreve é exatamente o que penso, então perguntei se anda lendo meus pensamentos rsrsrsrs .

obrigada pela visita ao meu blog, beijinhos, que Deus cuide sempre de você :]