15/12/2011

Talvez

Talvez não seja a vida dura, mas sim o modo como olhamos.
Talvez nossa maneira de ser e tratar as pessoas mude tudo.
Talvez um único olhar faça você ser discriminado.
E uma única palavra lhe faz perder um amigo. Para sempre.
Talvez a vida seja cheia de pormenores, ou melhor: nós, pessoas, humanos.
Talvez seja nós mesmos que criamos todo esse pane e essa bolha, o que leva a alguns se excluírem.
"Sem querer"
Talvez esse lance de mudar o mundo começando por si mesmo seja uma grande baboseira. E é. Afinal, somos críticos, todos nós. Iguais. Semelhantes.
Talvez não seja pessoa A ou pessoa B que estraga nossas vidas.
Talvez seja nós mesmos.
Talvez seja você.
Talvez seja eu.
(...)
E não procure respostas. A vida não lhe dará nenhuma.
Tudo é e sempre será uma MERDA.
Talvez apenas dependa da sua maneira de olhar.
Depende da sua maneira de olhar.
Para sorrir de verdade, precisa-se ser louco.
Talvez perder a lucidez seja o melhor.
Enquanto a lucidez permanece, misture álcool. Pode ajudar, ou confundi-la.
Talvez seja o melhor.
Apenas talvez.
(...)

2 comentários:

Tay disse...

Que lindo texto, prendeu minha atenção de uma maneira bem peculiar *-*
bjus ;*

Valéria disse...

Ano novo,vida nova. Tempo de avaliar o que passou, para repetir os acertos e corrigir os erros, para perdoar e esquecer tudo que nos magou. É hora de recomeçar, é tempo de parar e refletir. Olhe para o mundo e veja o que existe de bom. Desejo a você um feliz natal e um prospero ano novo, que 2012 traga muita paz, saúde e principalmente amor,são os mais sinceros votos do blog Doce Menina.