16/01/2013

Procura

Amor é algo que esperamos.
Imaginamos nosso primeiro beijo, nossa primeira transa, nosso primeiro "eu te amo".
Mas nunca imaginamos nosso primeiro término. Talvez, porque é muito doloroso imaginá-lo. Mas a dor do amor é o que nos modifica. É a perda do amor que nos transforma. A perda de um parente, da nossa virgindade, de quem achávamos que eramos, da nossa inocência. No entanto, essas perdas nos transformam em adultos. Deixando a vida mais complicada. Mas também vem com uma promessa, e a possibilidade de começar novas coisas e novos sonhos, em novos lugares.
A cidade não era mais um sonho, era real. E eu não estava procurando por algo ou alguém. Eu estava me procurando. Quem eu era, quem eu queria ser.
Encontrar essa minha voz, não seria fácil. Mas pela primeira vez em muito tempo, achei que pudesse ser divertido.

The Carrie Diaries

Um comentário:

Indy. disse...

Profundo esse texto. Escutar essa nossa voz, nunca é fácil.. mas é mesmo preciso! É sempre ótimo vir aqui '-'

tenha uma ótima semana, flor!