24/08/2014

way back

Sobre a certeza de que sempre nos encontraremos...
Beba um drink comigo esta noite Ed, pois desejo que permaneça acordado. Há tantas coisas a dizer, mesmo disfarçadas sob um olhar ou um sorriso. Deixa eu lhe contar um segredo: Eu sempre soube decifrar seus olhos. Metade mentira, porque nunca aprendi a decifrar qual seria o teu próximo passo...
Beba esta noite comigo baby, e esqueça o mundo e suas preocupações. Comigo, sabes o quanto podes apenas ser. Que sejamos então. Juntos. Novamente. Que aproveitemos este reencontro como se tivéssemos vivido e passado por tudo, apenas para chegar até aqui, neste momento. Pois é assim que me sinto. Ao seu lado, sou apenas alma. 
Beba comigo novamente, vamos olhar as estrelas, a gloriosa lua, e eu te beijarei novamente, quando menos esperar, quando seus olhos sorrirem ou quando seu sorriso transmitir a calma que carregas na alma. As pessoas com quem você esteve, ou que eu estive, não me acrescentam, não me tocam. Traga seu toque sempre inédito ao meu corpo, sussurre novamente nesta voz que se torna melodia aos meus ouvidos, fale algumas palavras e conte me suas histórias vividas para que meu ser seja acalentado. 
Brindemos a nós Ed, que de tão parecidos, nos perdemos. 
Brindemos a nós, por sempre encontrarmos o caminho de volta um ao outro.

Nenhum comentário: