10/02/2017

Inside Cap. One

Sol. Nesta manhã é possível ver o sol depois de incontáveis dias sob neve e frio. 
07:19am, 23/07/2021, Sydney, Australia. 
A rotina tem sido corrida, e constantemente exaustiva. O corpo se mantêm em uma sequência quase robótica de prestar serviço, se locomover, se alimentar, de dormir, como se não houvesse mais objetivos ou sentido, adicionar outras tarefas. 
Esta foi a maneira encontrada para seguir em frente. Ternos braços e noites quentes estão distantes da realidade e sonhos.
Uma sensação constante de afogamento que vem acompanhando no decorrer da vida. Sensação conhecida. Todos velhos amigos. Olhando para trás, não poderia se imaginar que isto perduraria durante demasiado tempo, e sobreviveria mesmo mediante a realização de conquistas. Ai está a constante mania de acreditar que existirá momento melhor do que o agora.
Memórias escapam pelas veias. Histórias baseadas em culpa, medo e regras. 
Haverá certa paz hoje. 
A porta está aberta, o vento frio sob o sol quente toca a pele, e traz um movimento instantâneo de auto-proteção. 
Novo dia, novas histórias, mesma rotina mas um novo drink, 
Há certas memórias, que até parecem ter sido em outra vida, mas hoje, há todo um caminho desconhecido e em branco. Existe linhas desta nova história e nova aventura a se escrever. 
Uma noite. Um drink. 
Novas histórias internas.

Nenhum comentário: